SONHEI QUE TINHA SEDE

março 2, 2011 at 14:43 (Crônica)

Um intenso e impressionante desejo de beber água me assaltava. Felizmente, rios do líquido saíam de uma misteriosa cavidade escura. Era muito grande a minha sorte por existir aquela fonte inesgotável da bebida, pois eu sentia uma insaciável e voraz sede.

Mas, quando comecei a beber freneticamente a água que jorrava do buraco, percebi que aquela sede era diferente de uma aflição comum. Não era ela uma sede qualquer. Acontecia que, ao contrário de uma situação normal que pede alívio, aquela vontade de beber não terminava, o que causava uma agonia feroz. Por isso bebi e continuei bebendo o que saía da fonte dadivosa que rompia do muro.

Encontrava-me em apuros. Sequioso, absurdamente sequioso, me empanturrava do líquido e continuava agonizando, agora também afogado pelo excesso de água que engolia. Sentia sede e respirava com dificuldade, o sonho desaguara num pesadelo cruel. Inicialmente, a sede parecia ser uma coisa ótima, pois eu a mataria e então acordaria em paz. Porém, era uma armadilha, que me fez afogar graças a tanta água que bebi por vontade própria.

Pensei que a sede passaria quando eu enfim despertasse – outro engano. Tudo não poderia passar de um sonho ruim, complexas e bizarras representações  do meu mundo inconsciente. Embora continuasse sedento e afogado, mantive a calma e tentei respirar um pouco, sozinho no escuro daquele cenário indefinível, semelhante a uma pequena caverna sufocante.

Quando finalmente acordei, abri os olhos com dificuldade e tentei enxergar o que acontecia à minha volta; mas algo permanecia fora do normal. A sede insistia. Já desperto, eu continuava aflito, com aquela irresistível necessidade de me encharcar de água. Morria aos poucos de sede, lentamente, vítima de uma constante tortura provocada por um impiedoso instinto básico.

(05/08/08)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: